sexta-feira, 31 de julho de 2015

Atleta fica paraplégica em treino visto pelos pais

Atleta fica paraplégica em treino visto pelos pais
Foto REINHARD EISENBAUER/EPA
A atleta de 21 anos caiu sobre a cabeça e pescoço
 
A atleta de 21 anos caiu sobre a cabeça e pescoço na caixa de salto durante um treino em Innsbruck, ao qual assistiam os seus pais, sendo que o progenitor é o seu treinador, que a estava a preparar para tentar disputar os Mundiais de agosto, em Pequim.
 
Cirurgiões da clínica universitária de Innsbruck operaram a atleta durante várias horas e anunciaram que várias vertebras cervicais de Gruenberg foram fraturadas.
 
"Depois de termos diagnosticado paraplegia antes da operação, a paciente foi sujeita a intervenção cirúrgica de emergência de modo a estabilizar a coluna vertebral e evitar maiores danos", disse a clínica, em comunicado.
 
Gruenberg vai permanecer em terapia intensiva e os médicos vão realizar vários testes nas próximas semanas para avaliar a sua evolução.
 
"O caminho que espera a Kira vai ser longo e difícil", admitiu o seu agente.
Em 2014, Kira Gruenberg fixou o recorde da Áustria em 4,45 metros, durante os Europeus de Zurique, Suíça.

Fonte: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=4709815

quarta-feira, 15 de julho de 2015

CERN - Abrindo o Abismo

Este vídeo indicado por um irmão que prefere não ser identificado, que acompanha os Últimos Acontecimentos, demonstra uma explanação sobre o Grande Colisor de Hádrons relacionado aos últimos dias e aos cumprimentos das profecias bíblicas.

Vale muito assistir este vídeo. Muito mesmo.

O vídeo é de 50 minutos e trás grande valia e conhecimento para quem o assiste.
 
 
Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/videos/video-cern-abrindo-o-abismo.html


Estado Islâmico divulga imagens de criança executando prisioneiros

O Estado Islâmico divulgou imagens de uma criança executando ao menos dois prisioneiros na beira de um rio. O filme teria sido filmado no ano passado e mostra o jovem atirando na cabeça de dois homens, ignorando os pedidos dos presos por misericórdia. As informações são do Daily Mail.

Depois do tiro, os corpos dos prisioneiros são jogados na água. A imagem da criança é apenas uma pequena parte de um longo vídeo de 22 minutos, divulgado no final de semana. O massacre teria deixado cerca de 1.700 mortos e está entre os piores ocorridos nesta década no Iraque.

Outra parte do vídeo mostra homens andando em fileiras e sendo colocados em caminhões até covas rasas, onde são executados. Uma escavadeira é utilizada para deslocar a pilha de corpos.

Segundo o Daily Mail, a matança foi tão grande que o campo de túmulos pode ser observado do espaço. O Estado Islâmico capturou soldados iraquianos na base militar de Speicher e decidiu executá-los próximo ao antigo palácio presidencial, construído por Saddam Hussein.

As imagens foram divulgadas pelo Estados Islâmico dias após um tribunal em Bagdá conderar 24 homens à morte por enforcamento por causa do “massacre de Speicher”. O local onde os assassinatos ocorreram foi retomado pelo Iraque e um santuário foi construído em memória das vítimas.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/guerras/ei-divulga-imagens-de-crianca-executando-prisioneiros.html

Mais de 50 crianças soldados do Estado Islâmico mortas na Síria desde Janeiro

Mais de 50 crianças recrutadas como combatentes pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI) na Síria foram mortas no conflito desde o início do ano, relatou nesta quarta-feira o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A ONG documentou a morte de 52 crianças soldados, mortas com menos de 16 anos e recrutadas como parte de um programa do EI chamado "os leõezinhos do califado".

No verão de 2014, o grupo ultrarradical proclamou um "califado" nos territórios que controla na Síria e no vizinho Iraque.

O programa oferece uma formação militar e religiosa intensiva para crianças em áreas controladas pelo EI, de acordo com o Observatório, que tem uma vasta rede de fontes em toda a Síria.

Desde janeiro, o EI inscreveu mais de 1.100 crianças, e pelo menos 31 meninos foram mortos em julho, em explosões, combates ou ataques aéreos do regime ou da coalizão liderada pelos Estados Unidos, de acordo com o OSDH.

O EI geralmente utiliza as crianças para controlar uma barreira ou coletar informações em áreas fora de seu controle, mas o grupo confia cada vez mais a elas a tarefa de executar prisioneiros ou realizar ataques suicidas.

Fonte:http://www.ultimosacontecimentos.com.br/guerras/mais-de-50-criancas-soldados-do-ei-mortas-na-siria-desde-jan.html

Templo Satánico revelará em local secreto escultura do Diabo

A seita religiosa templo satânico revelará uma escultura de satan de uma tonelada e meia de peso em Detroit (EUA), em uma cerimônia que se pode entrar somente com um convite. O local da cerimônia permanece desconhecido depois que o proprietário de um restaurante popular recusou-se a acolher o evento em suas instalações.

O templo satânico, um grupo religioso de matriz norte-americana que batalha para a separação de igreja e estado, em breve revelará uma escultura de Satanás, com a cabeça de cabra de bronze de 2,59 metros de altura e meia tonelada de peso. O local da apresentação no evento e os detalhes serão enviados apenas para aqueles com convite, informa a AP.

"Os ingressos serão ordenados com antecedência para reduzir o assédio (...) há pessoas que ameaçam queimar o lugar. Se algumas pessoas não querem vir, não tem que fazê-lo", disse o fundador dessa organização, Lucien Greaves .

Inicialmente, estava previsto que a estátua fosse inaugurada em 25 de julho em um estabelecimento localizado no distrito de compras Eastern Market Detroit, mas seu proprietário, Bert Dearing, acabou recusando-se . "Detroit é uma área muito religiosa. Quando eu aluguei o lugar, eu pensei que era uma igreja. Não sabíamos que eles eram adoradores do diabo", diz ele.

A concepção e construção da estátua custaram a seus promotores mais de US $ 100.000. O tamanho foi concebido para ser instalado do Capitólio estadual em Oklahoma City, Oklahoma até que o Supremo desautorizou qualquer representação religiosa.
 
Fonte:http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/templo-satanico-revelara-escultura-do-diabo-em-local-secreto.html

domingo, 12 de julho de 2015

Arma Americana dispara pulsos eletromagnéticos para destruir dispositivos electrónicos

1269510816511723695
Uma das armas mais high-tech da Força Aérea dos EUA é a uma ferramenta que não machuca pessoas, mas destrói dispositivos eletrônicos.
O CHAMP – Projeto de Míssil Antecipado de Micro-Ondas de Alta Potência Contra Eletrônicos, na sigla em inglês – é um aparelho feito para fritar computadores. Ele emite fortes correntes de energia micro-ondas que podem derrubar servidores e infraestruturas inimigas inteiras sem explodir tudo ao redor.
A Força Aérea confirmou recentemente que o CHAMP está em atividade, apesar de ainda não ser possível enviá-lo em um míssil controlado remotamente. O Congresso americano recentemente pressionou a Força Aérea para preparar a tecnologia para combate, mas eles talvez estourem o prazo para entregá-la até 2016.
O CHAMP é certeiro o suficiente para mirar em prédios individuais, o que significa localizar com precisão sistemas específicos, derrubando-os sem destruir eletrônicos inocentes aos arredores. Diferente de bloqueadores de sinais, o CHAMP destrói ou danifica eletrônicos permanentemente, fazendo dele uma potente arma para atrapalhar planos inimigos.
Em 2012, a Boeing testou com sucesso um míssil que carregava o CHAMP, derrubando a energia de todos os dispositivos eletrônicos presentes em um prédio de dois andares. Para este teste, foi usado um míssil teleguiado AGM-86, mas o laboratório de pesquisa da Força Aérea recentemente escolheu o míssil ar-superfície JASSM-ER para carregar as armas CHAMP. Um drone ou aeronave também podem levar a arma, dependendo da missão.
Essa está longe de ser a primeira vez que militares fizeram experimentos com armas de pulsos eletromagnéticos. Ogivas nucleares, inclusive, geram energia eletromagnética capaz de fritar eletrônicos, mas elas também destroem uma grande área geográfica, além de matar incontáveis pessoas. O CHAMP é um passo à frente na guerra eletrônica porque é feito sob medida para minimizar danos colaterais.

Fonte: http://gizmodo.uol.com.br/forca-aerea-pulso-eletromagnetico/

India - Surgimento de misteriosos Sinkholes de fogo aterrorizam população de uma aldeia

Moradores da pequena aldeia de Wahong localizado no leste da Índia, estão aterrorizados quanto abismos misteriosos que aparecem e emitem fumaças, cinzas e fogo.

Testemunhas dizem que a terra está em chamas

Alguém diz, ironicamente, que abriu as portas do inferno, como os moradores locais falam de um primeiro poço de fogo que apareceu em maio passado, descoberto por um menino de 16 anos que se queimou um pé. Apenas duas semanas depois, o buraco tinha crescido para cerca de 30 pés de diâmetro e da vegetação circundante foi destruída.
O solo emite um odor pungente semelhante a ovos podres, que apoia a hipótese da emissão de enxofre e outros gases emitidos a partir do subsolo. Wahong Village está localizado no distrito de Ukhrul no nordeste da Índia, na fronteira com Myanmar um lugar extremamente remoto.
Mas o fato mais preocupante é que é o ponto de encontro das placas tectônicas entre a Índia e Mianmar. As autoridades locais, os investigadores do governo do Estado e uma equipe do Departamento de Ciências da Terra, Universidade de Manipur, estão no local para controlar os abismos e determinar se estes são a causa de uma potencial atividade vulcânica.
O que está acontecendo no mundo? Abaixo está um vídeo que reúne todas as notícias de todo o mundo. 
 
Fim dos tempos? 


Fonte: http://www.segnidalcielo.it/india-misteriosi-sinkholes-stanno-allarmando-la-popolazione-del-villaggio-di-ukhru/

Ultra-nacionalistas ucranianos levantados em alerta de combate

Todos os membros do movimento ultranacionalista ucraniano Setor de Direita foram levantados em alerta de combate em conexão com um tiroteio na cidade de Mukachevo no oeste da Ucrânia, relata no sábado o serviço de imprensa da organização.
O porta-voz do corpo de voluntários do movimento, Andrei Sharaskin, disse que o tiroteio está diretamente ligado com as tentativas de bloquear um canal de contrabando, relata a agência RIA Novosti.
Ele comentou a declaração do presidente da Ucrânia Pyotr Poroshenko, que instruiu deter as pessoas que abriram fogo em Mukachevo:
"Quero acreditar que o presidente estava se referindo àqueles que estão envolvidos em saques na Transcarpátia. Tudo isso aconteceu depois que nossos irmãos jurados bloquearam o caminho do contrabando mas isso [o contrabando] já era conhecido há muito tempo. E agora o presidente quer eliminá-los fisicamente".
Ele também observou que anteriormente os representantes do Setor de Direita receberam ameaças depois de tentativas de bloquear o contrabando.
Esta manhã, os representantes do movimento ultranacionalista, armados com metralhadoras, abriram fogo em Mukachevo contra civis e policiais. Eles destruíram dois carros da polícia, atingidos por granadas. Como resultado, foram feridos três policiais e quatro civis.
No tiroteio morreram dois combatentes do Setor de Direita (de acordo com outras fontes — três). Os restantes foram cercados e convidados a se render.
O Sector de direita declarou o alarme geral, exigindo a detenção do deputado Michail Lanho, com quem os radicais têm um conflito, e dos representantes das forças de segurança que participaram do tiroteio.
"Agora os comandos estão em alerta de combate para destruir nossos irmãos. Se isso acontecer, começará um processo irreversível. Nós não permitiremos a ninguém atirar contra nossos irmãos… Todo o movimento político-militar Setor de Direita foi levantado em alerta de combate", disse a organização.
O Setor de Direita é uma união de organizações nacionalistas de extrema-direita. Em janeiro e fevereiro de 2014, os combatentes do movimento participaram em confrontos com a polícia e no assalto a edifícios administrativos em Kiev. Depois de abril, participaram no esmagamento dos protestos no leste da Ucrânia, ao lado do exército ucraniano. Em março de 2014, o movimento foi transformado em partido político, liderado por Dmitry Yarosh, mantendo ao mesmo tempo o seu braço armado.
Em novembro do ano passado, a Suprema Corte da Rússia baniu as atividades do Setor de Direita na Rússia, classificando a organização como extremista.

Fonte:http://www.ultimosacontecimentos.com.br/guerras/ultranacionalistas-ucranianos-levantados-em-alerta-de-combate.html

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Estados Unidos testam nova bomba nuclear para a colocar na Europa

Os testes dos EUA de um novo projeto de bomba atômica fazem parte da modernização prevista do arsenal nuclear dos Estados Unidos na Europa, acreditam os especialistas internacionais.
A bomba B61-12 sem ogiva foi lançada pelo caça F-15E a partir do polígono de Tonopah em Nevada, no oeste do país. Os testes foram reconhecidos como bem sucedidos. Este é o primeiro de três testes da bomba previstos para este ano. A bomba, no entanto, é apenas uma modificação da amostra que foi criada em 1960, mas isso, de acordo com especialistas russos, não diminui a importância do evento.
O redator-chefe da revista Natsionalnaya Oborona (Defesa Nacional), Igor Korotchenko, acredita que o teste da nova bomba americana está relacionado com a modernização planejada da capacidade nuclear dos EUA.
"Esta modernização será usada principalmente no interesse das armas nucleares táticas dos EUA deslocadas na Europa. Assim, os EUA melhoram as suas capacidades de ataques nucleares tácticos contra o inimigo potencial em caso de uma guerra verdadeira com o uso da Força Aérea, incluindo dos Estados-membros da OTAN", disse o especialista à RIA Novosti.
Korotchenko notou que, atualmente, as armas nucleares táticas dos EUA são armazenadas no território de vários países-membros europeus da aliança.
Na opinião do diretor do Centro de Estudos Político-Militares da universidade russa Mgimo, Aleksei Podberezkin, os EUA querem desenvolver o potencial das suas forças armadas em conflitos militares de baixa intensidade e, por isso, eles precisam, em particular, dos tipos de armas que foram desenvolvidos para as guerras na Europa, ou seja, a munição tática, incluindo nuclear.
"Isso deve garantir a preservação da superioridade dos Estados Unidos em certos teatros de Guerra, por exemplo, no Sudeste Asiático no caso do conflito com a China <…> Nem os EUA, nem a China estão interessados em um conflito local ou em uma guerra nuclear global. Mas é impossível prever como ações militares vão se desenvolver no caso de, por exemplo, um conflito no Sudeste Asiático, ou um conflito com Taiwan", explicou Podberezkin.
O presidente da organização "Parlamentares pela não-proliferação nuclear e desarmamento", Jean-Marie Collin, disse à Sputnik que agora a В61 tem o significado mais político do que militar.
"Há uma questão sobre o uso de armas desse tipo no século XXI, enquanto isso fazia sentido durante a Guerra Fria na década de 1980. Em qualquer caso, estamos a falar de armas nucleares com todos os riscos. O teste nuclear nos Estados Unidos mostra que os países com capacidade nuclear não querem se desarmar", disse Collin.
Por sua vez, o presidente da Academia russa de Problemas Geopolíticos, Konstantin Sivkov, opina que o lançamento da modificação de B61-12 deverá ser um incentivo para a modernização do potencial nuclear da Rússia, porque é o único impedimento em caso de potencial agressão da OTAN.Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/guerras/eua-testam-nova-bomba-nuclear-para-coloca-la-na-europa1436544591.html 

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/guerras/eua-testam-nova-bomba-nuclear-para-coloca-la-na-europa1436544591.html

Cientista fala sobre a possivel existência de vampiros reais

Embora haja muita conversa sobre avistamentos do Bigfoot  e de fantasmas,os vampiros também foram vistos em muitos lugares ao redor do mundo. Embora seja impossível verificar se eles são vampiros reais, as histórias sobre sua existência são realmente fascinantes. Como discutimos, mas os vampiros têm sido associados com á ficção, mas mesmo nos dias de hoje continua a haver uma forte crença. Muitas pessoas afirmaram ter visto formas humanas misteriosas que se deslocam através da escuridão, mesmo em certos lugares os moradores têm vindo a dar a conhecer certos relatos.
Um dos casos mais chocantes ocorreu na Turquia, quando um residente de 23 anos era realmente um vampiro, com a necessidade de beber sangue. Jovem turco chegou a cortar seus braços, peito e estômago com lâminas de barbear, para beber seu próprio sangue.

O que a ciência diz sobre vampiros?
Em poucas palavras, os cientistas dizem que os vampiros realmente existem no mundo moderno.

Eles estão entre nós

Os Vampiros actuais não são como o típico vampiro clássico, nem pratica qualquer dos hábitos que nos acostumaram os filmes. Os Vampiros modernos requerem apenas uma pequena quantidade de sangue humano para complementar suas necessidades de energia. Segundo um estudo  sobre os vampiros modernos pelo Professor DJ Williams, da Universidade do Estado de Idaho, as misteriosas criaturas da noite provêm de todos os sectores da sociedade.
"Eles são pessoas comuns muito bem-sucedidas", disse Williams, mas admitiu que os vampiros estão encontrando dificuldades em fazer amizade com pessoas que lhes permitam beber o seu sangue.
A maioria dos vampiros modernos são profissionais bem sucedidos. Essas pessoas não são pessoas que adoptam um estilo de vida como um vampiro na tela grande, televisão, ou estilo de vida Gótico. Essas pessoas realmente precisa de uma pequena quantidade de sangue humano para manter seus níveis de energia. Vampiros modernos preferem o sangue da região do peito e não têm problemas para encontrar provedores que oferecem sane de primeira qualidade.
"A comunidade de vampiros reais estão cientes e têm ética", disse Williams á revista Critical Social Work "A maioria dos vampiros acreditam que nasceram assim, eles não escolheram essa condição. Os Os vampiros míticos parecem capturar a atenção e gerar interesse porque são figuras mitológicas vampíricas e têm estado presentes em diferentes culturas desde há milhares de anos. Claro que é particularmente interessante que o vampiro possa ocupar um espaço entre a vida e a morte ".
Além disso, de acordo com as pesquisas, a população vampirica em todo o mundo é estimada em vários milhares. Vampiros modernos estão relutantes em falar sobre seu estilo de vida alternativo com os médicos ou terapeutas por causa do medo de consequências legais, ser julgado ou ser internado em um hospital psiquiátrico. Esses vampiros se vêem como membros produtivos da sociedade que têm uma necessidade física ou psicológica de consumir sangue.
"A essência do artigo é que os vampiros auto-identificados são provavelmente mais comum do que a maioria das pessoas pensa", disse Williams. "A maioria das pessoas provavelmente supõe que parte do imaginário das crianças mais jovens ou que vêem" Twilight "ou outras coisas cultura pop. No entanto, a comunidade vampirica é real, é feita por pessoas que precisam de energia extra (sangue ou energia psíquica), e não tendem a se ajustar esse estereótipo demográfico ".
O objectivo deste estudo foi  dar a conhecer a existência de vampiros e evitar consequências prejudiciais para as pessoas que sentem que são vampiros reais.
Dado ao que é politicamente correto em todos os países do mundo, deveria ha uma ver legislação que garanta os direitos dos vampiros.
Depois de uma pesquisa realizada pelo professor DJ Williams, e ninguém pode dizer que os vampiros não existem ou são simplesmente invenções da literatura. Estas criaturas da noite são muito reais, eles estão entre nós, com o único objectivo de saciar sua sede de sangue...lol
 A comunidade científica  já reconheceu a sua existência num futuro próximo terá suas próprias leis e estamos confiantes de que, eventualmente, controlar o mundo. 

Fonte: http://portugalmisterioso.blogspot.pt/

Atentados contra cristãos lançam o pânico na Turquia

No início do mês, o diário turco Hürriyet informou que uma porta de uma igreja cristã foi incendiada durante a noite.

O responsável pelo incidente foi Muhammed Sindi, de 25 anos, que alega sofrer de doença mental. Testemunhas contam que ele tentou fugir gritando "Allahu Akbar", que é o título do hino nacional da República Árabe da Líbia e que, originalmente foi uma marcha egípcia muito popular, e quer dizer “Deus é grande”. O fogo foi apagado rapidamente pelos moradores que estavam ali perto e o homem foi preso.

Poucos dias depois o mesmo jornal relatou outro incidente. No início da manhã, 16 casas de muçulmanos xiitas, do noroeste da Turquia, foram marcadas com uma cruz. No mesmo dia, um café próximo do município, que servia como local de culto de xiitas, também foi incendiado. A polícia abriu uma investigação.

Rolf, analista de perseguição da Portas Abertas, comenta: “Eu acredito que estes dois incidentes estão relacionados. Eles têm pouco ou nada a ver com a turbulência política que atualmente assola o país, desde as eleições parlamentares de 7 de junho. Na Turquia, existe a tradição de que os muçulmanos devem ser sunitas. Esta é uma combinação do radicalismo islâmico e o nacionalismo religioso. Agora os xiitas e os cristãos vivem a mesma situação”.

Nenhum cristão ou xiita se feriu nesses incidentes, mas a intimidação teve um efeito enorme. Ambos os grupos minoritários perceberam que estão na mesma mira de muçulmanos sunitas. Eles sabem que ainda não são aceitos na Turquia e temem o que está por vir. A turquia ocupa a 41ª posição na Classificação da Perseguição Religiosa 2015. Esse ano é o primeiro do país entre as nações mais perseguem os cristãos.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/perseguicoes/atentados-contra-cristaos-causam-panico-na-turquia.html

Bitcoin poderia destruir as instituições financeiras

Um analista do BNP Paribas, um dos maiores bancos da Europa, com sede em Paris, disse que a tecnologia em que se basea o sistema do bitcoin coloca em dúvida a necessidade da existência das atuais entidades financeiras.

A tecnologia de cadeias de bloco (blockchain), utilizam para operar o dinheiro digital, e o próprio Bitcoin, o sistema de pagamento eletrônico sem intermediários, são uma das tecnologias mais avançadas tecnologias da atualidade, relata a Business Insider citando o especialista do BNR Paribas, Johann Palychata.

Alguns dos intervenientes nos mercados financeiros não conseguem tirar proveito desse instrumento financeiro. No entanto, do ponto de vista do analista, a tecnologia torna-se um desafio para os mediadores envolvidos na negociação de valores mobiliários. É a principal causa é que o sistema do Bitcoin poderia permitir que investidores negociem uns com os outros diretamente através das condições de confiança que permite o sistema.

No entanto, o especialista acredita que esse cenário é pouco provável, porque assume que o sistema Bdo itcoin serão implementadas por intermediários, mas estes não ofereceriam aos seus consumidores.
 
Fonte:http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/quoto-bitcoin-poderia-destruir-as-instituicoes-financeirasquot.html

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Rússia teme um ataque espacial - Sistemas de defesa preparados para objectos espaciais "perigosos"

Rússia está a considerar seriamente uma possível ameaça de ataque a partir do espaço e, apesar dos problemas econômicos que o país está enfrentando, o governo decidiu restaurar o sistema de alerta orbital e encontrar recursos a serem alocados para esse fim. Como foi anunciado pelo Ministério da Defesa, a questão deve 'ser resolvida até 2020.
"NOS ÚLTIMOS MESES TINHA-SE FALADO MUITO DE SATÉLITES ESPIÕES E SATÉLITES ASSASSINO, CAPAZ DE ALTERAR E EXCLUIR OBJETOS INIMIGOS DA ORBITA. PARA DESENVOLVÊ-LOS, ALÉM DA RÚSSIA, OS EUA E A CHINA TAMBÉM "
O Vice-Primeiro Ministro russo Dmitri Rogozin, citado pela agência de notícias Interfax, disse que, para evitar a ameaça de um ataque a partir do espaço, será "criado" em um curto espaço de tempo "um sistema único espaço consiste de" um grande número de satélites " Além disso, a fim de detectar ameaças ou "perigo". A meta ', em junho, nas Forças Armadas russas fez sua entrada um novo tipo de tropas: Special Forces aeroespacial. 
A iniciativa 'a resposta russa às novas tecnologias desenvolvidas pelos Estados Unidos e o crescente clima de tensão com Washington, mas especialmente para os acidentes misteriosos envolvendo objetos voadores não identificados, capturados em solo russo.
 
 
Fonte: http://www.segnidalcielo.it/la-russia-teme-un-attacco-dallo-spazio/

Organização Mundial de Saúde alerta que epidemia de Ébola continua

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que, apesar dos avanços obtidos nos últimos meses, a epidemia de Ebola ainda não acabou. Segundo a entidade, novos casos da doença continuam sendo identificados, com destaque para registros recentes na Libéria. Pelo último balanço, mais 20 foram confirmados na última semana de junho. A atual incidência do vírus varia de 20 a 27 novos casos por semana.

“No último ano, fizemos progresso ao estabelecer sistemas e ferramentas que nos permitem responder de forma rápida e efetiva. Graças à diligência e dedicação de milhares de cientistas, pesquisadores, voluntários e fabricantes, estamos numa situação melhor do que a que enfrentamos um ano atrás”, afirmou a organização.

A OMS destacou que a epidemia de Ebola permanece em curso e que melhorias nos métodos de trabalho estão sendo incorporadas à medida, conforme desenvolvidas. “Mas precisaremos ainda de muitos outros meses de trabalho árduo para alcançarmos o fim da epidemia e para impedir que a doença se espalhe por outros países”.

De acordo com a entidade, já existem quatro kits de diagnóstico rápido para o Ebola, capazes de detectar a doença em poucas horas, além de 23 laboratórios habilitados para a testagem do vírus. A organização acredita que, em alguns meses, uma vacina segura estará disponível.

Ao todo, 1,1 mil técnicos especialistas da Organização Mundial da Saúde trabalham atualmente nos três países mais atingidos pela doença: Serra Leoa, Libéria e Guiné. A epidemia foi formalmente reconhecida pela OMS em março do ano passado. Ao todo, 27.443 casos foram registrados até junho deste ano, além de 11.220 mortes provocadas pela doença.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/pestes/epidemia-de-ebola-continua-alerta-oms.html

Imagens mostram devastação causada pelo homem e pela natureza

Uma exposição fotográfica no Estado americano do Novo México mostra algumas faces da devastação causada pela ocupação humana e por fenômenos naturais no planeta.
A mostra, chamada de "Causa e Efeito", está em cartaz na galeria Verve até o dia 5 de setembro e conta com o trabalho de cinco fotógrafos de várias partes do mundo.
Em comum entre eles está a convicção de que o compartilhamento destas imagens pode ajudar a construir um mundo melhor.
"O estado frágil de nossos ecossistemas é um fio condutor de meu trabalho. É na beleza e na complexidade da natureza que tiro encontro minha inspiração", disse Daniel Beltrá, fotógrafo espanhol que vive em Seattle, nos Estados Unidos, e participa da exposição.
"Minhas fotografias mostram a vasta transformação que nosso mundo está sofrendo devidos às pressões criadas pelo homem."
Uma castanheira caída em meio a um campo de soja criado a partir da derrubada de árvores na Floresta Amazônica, no Brasil. Esta árvore está protegida pela lei brasileira. Beltrá, o autor da imagem, fotografa as mudanças na floresta desde 2001. As fotos documentam a queimada de milhares de árvores em áreas de mata virgem (Foto: Causa e Efeito/Daniel Beltrá)Uma castanheira caída em meio a um campo de soja criado a partir da derrubada de árvores na Floresta Amazônica, no Brasil. Esta árvore está protegida pela lei brasileira. Beltrá, o autor da imagem, fotografa as mudanças na floresta desde 2001. As fotos documentam a queimada de milhares de árvores em áreas de mata virgem (Foto: Causa e Efeito/Daniel Beltrá)
Esta imagem, feita por James Balog na Islândia, em 2009, mostra o "diamante de gelo" que chegou até a costa de uma lagoa de água salgada em Jökulsárlón (Foto: Causa e Efeito/James Balog)Esta imagem, feita por James Balog na Islândia, em 2009, mostra o "diamante de gelo" que chegou até a costa de uma lagoa de água salgada em Jökulsárlón (Foto: Causa e Efeito/James Balog)
Esta foto registra os blocos de gelo que se elevam a 60 metros da superfície da água, flutuando no Atlântico Norte. A foto foi feita na Groenlândia, em 2007, por James Balog (Foto: Causa e Efeito/James Balog)Esta foto registra os blocos de gelo que se elevam a 60 metros da superfície da água, flutuando no Atlântico Norte. A foto foi feita na Groenlândia, em 2007, por James Balog (Foto: Causa e Efeito/James Balog)
A imagem mostra a Classe 112, da escola Warren Easton High School, em Nova Orleans, Louisiana e foi feita em abril de 2006. Nova Orleans foi um dos lugares mais afetados pelo furacão Katrina em 2005 (Foto: Causa e Efeito/Wyatt Gallery)A imagem mostra a Classe 112, da escola Warren Easton High School, em Nova Orleans, Louisiana e foi feita em abril de 2006. Nova Orleans foi um dos lugares mais afetados pelo furacão Katrina em 2005 (Foto: Causa e Efeito/Wyatt Gallery)
Outra foto de Wyatt Gallery que mostra a devastação do furacão Katrina nos Estados Unidos (Foto: Causa e Efeito/Wyatt Gallery)Outra foto de Wyatt Gallery que mostra a devastação do furacão Katrina nos Estados Unidos (Foto: Causa e Efeito/Wyatt Gallery)
Esta foto da série do mexicano Alejandro Durán, chamada "Washed up", que se concentra no problema da contaminação dos oceanos com plástico. Na imagem acima, garrafas de plástico que atravessaram o mar até chegar a Sian Ka'an, a maior reserva protegida pelo governo do México na costa caribenha (Foto: Causa e Efeito/Alejandro Durán)Esta foto da série do mexicano Alejandro Durán, chamada "Washed up", que se concentra no problema da contaminação dos oceanos com plástico. Na imagem acima, garrafas de plástico que atravessaram o mar até chegar a Sian Ka'an, a maior reserva protegida pelo governo do México na costa caribenha (Foto: Causa e Efeito/Alejandro Durán)

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/imagens-mostram-devastacao-causada-pelo-homem-e-pela-natureza.html

Muçulmanos lançam campanha para reconstruir 'igrejas negras'

Uma coalizão de grupos muçulmanos lançou uma campanha online para arrecadar fundos com o objetivo de ajudar na reconstrução de igrejas frequentadas predominantemente por negros que foram queimadas e destruídas após o massacre em Charleston, no mês passado, reportou aAl Jazeera America nesta quarta-feira (08/07).

Em meados de junho, nove pessoas foram mortas a tiros por Dylann Roof, um jovem branco que dizia que os negros estavam “se apoderando” dos EUA, em uma igreja metodista historicamente frequentada pela comunidade negra da cidade de Charleston. Desde então, estima-se que ao menos outros seis locais de culto do gênero tenham sido alvos de ataques racistas na região sul dos Estados Unidos.

Em resposta a esses crimes de ódio, a coalizão — formada pelo Coletivo Muçulmano Anti-Racista, a Associação Árabe-Americana de Nova York e a startup Ummah Wide — conseguiu, até agora, arrecadar cerca de US$ 32.000 em cinco dias e já conta com 785 colaboradores. Quando a campanha terminar, em 18 de julho, o dinheiro será encaminhado a pastores das igrejas queimadas.

“A comunidade muçulmana norte-americana não pode afirmar ter experimentado nada próximo ao sistemático e institucionalizado racismo e violência racista que atingem afro-americanos”, diz o imã Zaid Shakir, um dos organizadores, no site da campanha.

Para Shakir, contudo, os muçulmanos podem entender “o clima de ódio racial e de intolerância que reacendeu” nos EUA e, portanto, devem expressar solidariedade aos afro-americanos.

“É Ramadã e nós estamos experimentando a beleza e a santidade de nossas mesquitas durante este mês sagrado. Todas as casas de culto são santuários, um local onde todos devem se sentir seguros”, acrescenta.

Fonte: Opera Mundi.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Mais de 5000 pessoas morreram nos conflitos de Donetsk

Mais de 5.000 pessoas morreram e pelo menos outras 3.000 foram dadas como desaparecidas nos territórios da região ucraniana de Donetsk controlados pelos rebeles pró-Rússia, afirmou nesta quarta-feira o líder da autoproclamada República Popular de Donetsk, Alexadnr Zakharchenko.
"Em 2014, no conflito morreram 3.684 pessoas, entre eles 523 mulheres e 65 crianças. Durante este 2015 morreram 1.212 pessoas. Mais de 3.000 estão desaparecidas", disse Zakharchenko, citado pela agência separatista "DAN".
O líder dos sublevados não detalhou se os milicianos mortos em combate com as forças de Kiev estão incluídos nestas estatísticas, que também não somam as baixas mortais na vizinha região de Lugansk nem os soldados ucranianos.
Zakharchenko acrescentou que durante os combates com as forças governamentais ucranianas, que começaram em maio do ano passado após a sublevação pró-russa nas regiões de Donetsk e Lugansk, foram destruídas quase 5.000 casas.
"Foram destruídos 63 hospitais, 150 colégios, 4.854 casas e 1.616 edifícios não habitados, incluindo fábricas, minas e complexos industriais", declarou o chefe dos rebeldes.
Apesar dos acordos de paz de Minsk assinados em fevereiro, os separatistas pró-Rússia e os militares ucranianos se acusam diariamente de violar o cessar-fogo que rege na zona do conflito e de empregar armamento pesado.
Segundo os últimos dados da ONU, cerca de 6.500 pessoas, entre combatentes e civis, morreram no leste da Ucrânia em pouco mais de um ano de conflito.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/guerras/mais-de-5000-pessoas-morreram-em-conflito-em-donetsk.html

Faixa de Gaza à espera de mais uma guerra

Um ano depois do último conflito, o exército israelense vigia as milícias do Hamas
Entre a algazarra das buzinas dos carros sempre prestes a colidir na cidade de Gaza e o silêncio da paisagem de terremoto nos bairros arrasados pelos bombardeios só há um passeio de táxi. Um ano depois do início da Operação Margem Protetora, a terceira ofensiva geral do exército israelense contra a faixa de Gaza em cinco anos, a vida cotidiana parece tentar abrir caminho nas ruas, lojas e praias, apesar dos mais de 2.200 mortos e da destruição de cerca de 18 mil moradias após 50 dias de guerra. Cercados por terra e mar por Israel e bloqueados pelo Egito ao sul, o 1,8 milhão de habitantes do enclave costeiro palestino dificilmente podem afastar a sensação de se encontrar em um presídio a céu aberto, de 360 quilômetros quadrados, há mais de oito anos.
Naji Sharan explica com precisão de engenheiro formado nos EUA a magnitude do desastre: "Os refúgios da ONU fecharam por falta de verbas, e continuamos tendo 144 mil desalojados sem lar. A comunidade internacional prometeu US$ 1,3 bilhão, mas foram construídas apenas algumas centenas de moradias". Sharan, vice-ministro da Economia palestino encarregado da reconstrução de Gaza, admite que um ano depois só 5% do necessário entraram na faixa.
Sharan balança a cabeça e ajusta os óculos, enquanto constata que Gaza perdeu 50% do PIB que tinha em 2007, antes que se estreitasse o cerco do bloqueio, e que o Banco Mundial atribui ao território uma taxa de desemprego de 43%, a mais alta do mundo.
Uma família se dedica a recuperar restos metálicos entre os escombros de Beit Hanun, um bairro praticamente arrasado pela aviação e os carros de combate no nordeste da faixa, do qual se avistam as torres de vigilância do exército israelense. Seus filhos brincam entre placas de concreto no chão cobertas por lonas. "Era nossa casa; o terceiro andar", explica um dos homens que recolhe ferros retorcidos. "Os outros ficaram embaixo da terra com as bombas." Do outro lado dessa terra de ninguém, dessa "margem protetora" que agora se estende entre os limites das construções de Gaza e os kibutz (fazendas coletivas) do Estado judaico, o exército israelense patrulha diante da suspeita de que o Hamas, o movimento islamista hegemônico na faixa, continue construindo túneis para lançar um contra-ataque.
"Por ali passa uma patrulha do Hamas", explica dias depois com o fuzil de assalto em bandoleira o comandante Nir Peled, 29, veterano das três ofensivas israelenses contra Gaza. Desde os 18 anos ele só conheceu o ofício das armas, agora como chefe de operações da divisão sul. "Em Gaza entrou material de construção, mas quase não houve edificação. Foi desviado para a escavação de túneis. Eles estão se preparando para a guerra, e nós também", alega o oficial.
A tenente Eden Ben Ami também está prestes a concluir o serviço militar, com 21 anos. Sua unidade de inteligência é encarregada de dar o alerta aos kibutz da área diante da iminência de um ataque. "Aqui vivemos com os refúgios sempre à mão, depois de um alarme de lançamento de foguetes só temos 30 segundos para nos pormos a salvo", afirma Eden. Um projétil matou uma criança. O conflito tirou a vida de 67 soldados israelenses e seis civis.
De volta a Gaza - onde morreram cerca de 1.500 civis e 700 combatentes, segundo a ONU -, as crianças voltaram a brincar na praia perto do hotel Al Deira, na capital do enclave. A organização Save the Children afirma em seu último relatório que 70% das crianças da faixa têm medo de que haja outra guerra como a do ano passado, na qual morreram 551 crianças. Muitos menores demonstram hoje estresse emocional severo, como Montacer Baker, 12 anos, que perdeu um irmão e três primos em um ataque da aviação israelense com mísseis quando jogavam futebol na praia em Al Deira. O exército israelense afirma que foram confundidos com milicianos do Hamas.
Qualquer pessoa que tenha observado o olhar perdido e as reações irritadas de Montacer, que quase não recebe atendimento psicológico, intuirá a imagem do horror que o menino viveu no último verão.

Fonte: El Pais.

Crise grêga é o momento mais sombrio da União Europeia

Eu não costumo ficar chocado com frequência, mas fiquei na noite de terça-feira com a avaliação sombria sobre o socorro à Grécia feita por Donald Tusk, ex-premiê polonês e atual presidente do Conselho Europeu, instituição que reúne os chefes de governo da União Europeia e o presidente da Comissão Europeia.
Ele disse que há agora, pela primeira vez, uma data limite real - o final desta semana - para que a Grécia chegue a uma proposta prática para ficar no euro.
A alternativa, disse Tusk, é a falência do Estado Grego e a insolvência de seus bancos - o que poderia levar à penúria seus 12 milhões de habitantes.
Ele descreveu a decisão que confronta a Grécia e o resto da eurozona como a mais importante da história da união monetária e até da União Europeia.
O outro presidente europeu, Jean-Claude Juncker - presidente da Comissão Europeia, o burocrata-chefe da União Europeia - disse, deixando claro que não se trata de arrogância ou um blefe dos chefes de governo, que um plano detalhado de como a Grécia sairia do euro já foi elaborado.
E a decisão final pode ser tomada no fim de semana, quando os mercados estarão fechados.
O que também parece particularmente significativo é que Tusk convocou para domingo uma reunião de emergência não apenas envolvendo os chefes de governo da eurozona, mas de toda a União Europeia - porque uma eventual saída da Grécia do bloco causaria um impacto negativo em todos os países do bloco.
Então, será Alexis Tsipras capaz de elaborar um plano para reformar e fortalecer sua economia que seja aceito pelo resto da eurozona?
Em público, seus representantes estão otimistas. Privadamente, porém, membros de seu governo se mostram sombrios.
E mesmo se o pior for de alguma forma evitado no último minuto antes da meia-noite de domingo, um dano econômico terrível já atinge a Grécia neste momento - pelo quase colapso de seus bancos.
Há um risco de que o dano se agrave na quinta-feira (data limite para a Grécia apresentar suas novas propostas). Porque banqueiros me disseram que mesmo com o limite de saques de 60 euros por conta diariamente, os bancos gregos estão quase sem dinheiro.
Na ausência de qualquer plano de resgate para a Grécia, eles não esperam que o Banco Central Europeu abra as torneiras dos empréstimos de emergência na noite de quinta-feira.
Então eles se preparam para sofrer controles de capitais mais severos, com uma possível queda no limite de retirada diária de dinheiro para 20 euros por dia.
Colocando de outra maneira, mesmo que um plano robusto de resgate surja como mágica, não há como fazer desaparecer a incerteza das últimas semanas e meses que demoliram a frágil recuperação da Grécia.

Fonte:http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/crise-grega-e-momento-mais-sombrio-da-uniao-europeia.html

Quedas nas bolsas chinesas provoca temor na Europa

A bolsa de valores de Xangai fechou em queda de 5,09% nesta quarta-feira (8). Já a bolsa de Shenzhen também registrou baixa de 2,94%, recuperando-se no final do dia em que chegou a estar negativa em 4,44%.

A queda na China se refletiu em outras bolsas asiáticas. O pregão fechou em baixa em Tóquio, Cingapura, Seul, Hong Kong e Taiwan, por exemplo. No entanto, as autoridades chinesas anunciaram um pacote de medidas para estabilizar o mercado acionário no país.

O programa do Banco Popular da China prevê ações, além de outras, para aumentar a liquidez da estatal de crédito Corporação de Financiamento da Bolsa de Valores da China. O banco central chinês destacou que as medidas apoiarão o “desenvolvimento sustentável das bolsas do país”.

Já a Comissão Reguladora do Mercado Assegurador da China permitirá que as seguradoras invistam mais na bolsa de valores. Estas empresas agora estão autorizadas a comprar até 10% de seus ativos em ações de uma só grande companhia. Antes, este máximo era de 5%.

A trajetória recente dos índices chineses, que caíram perto de 30% nas últimas três semanas, tem sido acompanhada com muita preocupação na Europa, cujos países exportam quase 40% de seus países para o mercado do país asiático.

Fonte:http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/queda-nas-bolsas-chinesas-provoca-temor-na-europa.html

terça-feira, 7 de julho de 2015

Rumores de que China implantará armas nucleares em Cuba poderão ser reais

A China pode implantar armas nucleares em Cuba, escreveram ironicamente as mídias chinesas na semana passada.

Entretanto, várias mídias de Taiwan e dos Estados Unidos reagiram a estas publicações muito a sério. Haverá razão para isso? A probabilidade de a China vir a dar este passo é fantasticamente pequena, tendo em conta as características da atual política externa chinesa. O especialista do Centro de Análise de Estratégias e Tecnologias Vassily Kashin comentou para a Sputnik o possível desenvolvimento da situação.

Na opinião dele, uma nova crise dos mísseis de Cuba é possível daqui a 10-15 anos, altura que as contradições entre a China e os EUA se agravarão fortemente e a dissuasão nuclear entre os dois países será o tema central da política mundial, como foi durante a Guerra Fria.

Os Estados Unidos já falam sobre a colocação de armas e tropas adicionais nos países da Ásia Oriental. Mas o que acontecerá se a China decidir responder de forma simétrica?

Segundo Kashin, agora tal resposta não faz sentido. O arsenal nuclear da China é bastante pequeno (cerca de 250 ogivas), mas ele irá aumentar.

Esta probabilidade é corroborada por tais fatos como a aparição na China dos primeiros mísseis intercontinentais com ogivas múltiplas, o comissionamento de novos submarinos com mísseis nucleares e continuação do desenvolvimento de novos tipos de mísseis balísticos. A China também tem uma produção poderosa de mísseis balísticos de médio alcance de duas famílias (DF-21 и DF-26). Além disso, o país não tem a obrigação de limitar a produção e implantação destes sistemas de armas.

Será que os Estados Unidos responderão às ações da China, tal como durante a crise dos mísseis cubanos em 1962? De acordo com o especialista, a situação política e os objetivos de ambos os lados eram bastante diferentes das condições atuais. Os Estados Unidos removeram como parte de um acordo secreto assinado durante a resolução da crise, mais de 100 mísseis balísticos Júpiter da Turquia e Itália em troca da retirada dos mísseis soviéticos de Cuba. Estes mísseis representaram uma ameaça real para Moscou.

Depois isso a questão sobre invasão americana na Cuba não surgiu. Assim, Moscou retirou-se da Cuba em troca de concessões recíprocas dos EUA.
Poderíamos ver uma repetição desta história no futuro, mas com a participação dos EUA e da China? Sob certas circunstâncias isso é bastante possível, opina Kashin.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/guerras/armas-nucleares-da-china-em-cuba-rumores-podem-ser-realidade.html

Musicos que fizeram Pactos Demoniacos

Ao longo da nossa história há casos de homens que venderam sua alma ao diabo em troca de algum tipo de habilidade, olhando para ser reconhecido e admirado em todo o mundo. Como discutimos, um pacto com o diabo é uma espécie de acordo com "Evil" , com a única intenção de alcançar um bem maior. Mas o acordo contém certos riscos, porque o diabo quer a alma da pessoa, e tentar fazer qualquer coisa para obtê-lo, e enganar, mentir ou enganar. Mas depois de desfrutar de um enorme sucesso mundano vida curta, eles morreram como resultado do pacto.
Mais especificamente, a história da música é cheia de histórias bem conhecidas que sugerem que muitos músicos conhecidos decidiu vender sua alma ao diabo para a fortuna e glória. Estas são as histórias de alguns músicos de renome mundial que foram acusados ​​de ter vendido sua alma ao diabo, e a reação da sociedade depois de suas acusações.
Niccolò Paganini (1782-1840)

Começamos nossa lista com um dos maiores virtuosos músicos do violino de toda a história, Niccolò Paganini. Seu pai, percebendo o talento de seu filho, começou a ensinar música. Como uma criança, Paganini escreveu várias obras para violino, que foi realmente difícil para os outros músicos .
O jovem músico ajudou nas igrejas, e serviu como um nível espiritual com a sua música.
No entanto, outros músicos da época acreditavam que nenhum de seu trabalho era sua própria, mas eles foram o resultado de um pacto com o diabo.
Acreditava-se, o músico vendeu sua alma ao diabo para se tornar um grande violinista.
De acordo com o poeta Heinrich Heine disse, quando Paganini estava tocando seu violino sempre teve um vulto escuro atrás dele, mais vestido com vestes cerimoniais negros.
É por esta razão que a Igreja Católica negou enterro. Após a sua morte foi quatro anos antes Papa permitiu que seu corpo fosse movido e enterrado em 1876 em um cemitério em Parma.
Giuseppe Tartini (1692-1770)

Tartini foi um compositor barroco italiano e violinista. Seu trabalho mais famoso foi "Trill do diabo", que hoje continua a ser uma das peças mais difíceis para violino que foram escritas até à data. 
A história deste trabalho levou a outro pacto com o diabo.Antes de Tartini foi mundialmente famoso por sua habilidade, ele era um violinista simples decepcionado com sua vida. 
Uma noite, ele foi dormir e viu o diabo em seu sono, que lhe ensinou a tocar violino em troca dos serviços do músico. Tartini concordou e entregou o diabo seu violino e tocou a música mais impressionante que já tinha ouvido.
Quando acordou na manhã seguinte, imediatamente ele escreveu a sonata, nota por nota, tentando reproduzir o que ele ouviu em seu sono. 
Ao longo do tempo, a sonata se tornou conhecido como "Trill do diabo" . A pista era tão difícil de jogar, que alguns disseram um sexto dedo, o dedo do diabo conhecido necessário
.
Robert Johnson (1911-1938)

Robert Johnson era um mundo de blues famoso cuja vida durou apenas 27 anos. Segundo a lenda, o jovem Johnson viveu em uma fazenda no Mississippi, e sonhava todos os dias para se tornar um grande músico blues. Uma noite, ele encontrou o diabo, que pegou sua guitarra e sintonizado-lo. Então o diabo tocar algumas músicas e depois voltou para guitarra Johnson, oferecendo uma grande comando do instrumento. Em troca, ele pediu à sua alma.
Muitos especialistas disseram que era a única explicação para o controlo rápido de Johnson com a guitarra em uma idade jovem. Johnson até chegou a compor canções como "Me and the Blues Diabo ( Me and the Devil "), assegurando que realmente fez o pacto com o diabo. No momento, há visitas guiadas em Clarksville, Mississippi, onde supostamente Johnson vendeu sua alma ao diabo.
Justin Bieber (1994-?)

Entre os muitos cantores que foram acusados ​​de um pacto com o diabo, muito possivelmente o mais amoso é Justin Bieber . Bieber foi descoberto em 2008 por Scooter Braun executivo da indústria da música enquanto navega YouTube. Muitas pessoas acusaram a jovem cantora a vender sua alma ao diabo na época. E a verdade é que logo depois ganhou mais de US $ 100 milhões, ea julgar pelo número crescente de tatuagens simbólicas, parece que é o pacto foi feito. Especialistas dizem simbolismo esotérico Bieber tem uma tatuagem de uma coruja em seu braço esquerdo e um olho em seu antebraço, todos os símbolos dos Illuminati .
Mesmo alguns vêem para além de assegurar que o real Justin Bieber morreu em um acidente de carro em 2012 e foi substituído por uma cópia exata do cantor. Bieber se negou ser parte dos Illuminati e questionou sua existência.
Fonte: http://portugalmisterioso.blogspot.pt/

Aviões russos aproximaram-se do espaço aéreo dos Estados Unidos

Quatro bombardeiros estratégicos Tu-95 da força aérea s russa sobrevoaram em 04 de julho o espaço aéreo ao largo da costa da Califórnia e perto do estado do Alasca, disse nesta segunda-feira a rede norte-americana Fox News, citando fontes de alto cargo do Pentágono.

O primeiro incidente supostamente ocorreu ao largo da costa do Alasca às 10:30 (hora local) no Dia da Independência dos EUA. Dois aviões de combate F-22 da Força Aérea dos Estados Unidos se esforçavam para interceptar dois Tu-95.

O segundo incidente ocorreu meia hora mais tarde ao largo da costa da Califórnia, onde dois aviões de combate F-15 aviões interceptaram um outro par de bombardeiros russos.

No entanto, nenhuma das aeronaves russas entrou no espaço aéreo dos Estados Unidos, relatou o canal de televisão.

O aparecimento de aviões russos em relativa proximidade com o território dos Estados Unidos não tem causado preocupação no país norte-americano, de acordo com a agência de notícias russa TASS. Bombardeiros estratégicos russos realizam regularmente voos de treino sobre as águas dos oceanos Ártico e Pacífico, incluindo o Estreito de Bering.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/guerras/quotavioes-russos-se-aproximaram-do-espaco-aereo-dos-euaquot.html

Insolvência da Grécia e ou da China - Qual o pior cenário para a economia ?

Ninguém pode prever exatamente como será o pior cenário para a economia global, mas apenas com alguns dominós caindo a imagem pode tornar-se muito desconfortável nos mercados. A revista norte-americana “Foreign Policy”, analisou o que nos aguardam nesta situação e acredita que os riscos são mais evidentes na zona do euro devido a Grécia e China.

"Se a Grécia sofre um 'default' e, finalmente, deixa o euro, o brilho de invencibilidade da moeda desaparecerá", diz Daniel Altman, um economista da “Foreign Policy”. Nesse caso, os investidores serão forçados a considerar que outros países também pode deixar a zona do euro, e Portugal poderia ser o próximo na lista, destaque Altman.

"Crescerá a incerteza sobre o valor subjacente do euro"

"Crescerá dramaticamente a incerteza sobre o valor subjacente do euro. Se a composição da área do euro em si é imprevisível, não há nenhuma maneira de saber o que vai custar o euro ou dos títulos em euros", observa o economista. Diz a tendência dos bancos centrais para criar reservas em euros como um contrapeso para o dólar inverteu, mas com o 'Grexit' poderia despencar.

No entanto, a saída da Grécia da zona do euro poderia adicionar valor para o euro, apoiou Altman e os mais fracos em termos de posições fiscais e da procura de países de títulos servem apenas para diluir a força da Alemanha, França e outros pilares do euro, ele explica. Ainda assim, a apreciação do euro poderia prejudicar as exportações desses países, corroendo o baixo crescimento econômico que tem conseguido, explica o jornalista.

"Os maiores mercados cairão"

Em quanto a Pequim, é temido o colapso da chamado “bolha” do mercado de ações finalmente acontecer, como preveem os sinoescépticos, as consequências serão devastadoras, não só para a riqueza nacional da China e incentivos privados locais, mas para os mercados globais. O contágio dos problemas da Grécia para os países menos solventes será ampliado.

Não são apenas muitas instituições financeiras que investiram em ativos chineses que vão perder uma parte considerável de suas carteiras, mas os investidores chineses terão de vender seus ativos no exterior para cobrir as perdas que sofreriam em tal caso: os maiores mercados caem, disse Altman.

"Oriente Médio e África seguirão desestabilizados"

Mais importante ainda, a demanda da China por importações vai diminuir, destaca o economista. E devemos ter em mente que a Austrália, Hong Kong, Mongólia, Turquemenistão, uma dúzia de países sub-saarianos, as duas Coréias, Omã e Chile destinam pelo menos um quarto das suas exportações para a China. "Uma crise fiscal e/ou monetária desses países desestabilizaria ainda mais as regiões fronteiriças que já sofrem com conflito e ameaça por parte de grupos extremistas [...]. O potencial de violência no Oriente Médio e no norte da África continuaria crescendo" adverte o economista.

"Quando essas áreas se inflamam, o preço do petróleo sobe, como os custos de segurança e de seguro para o comércio global. Como resultado, a economia global pode enfrentar um freio adicional enquanto os mercados financeiros oscilam", disse Altman.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/grexit-e-chexit-como-sera-o-pior-cenario-para-a-economia.html

Desastre iminente - Risco de derramamento de toneladas de resíduos radioactivos

A cúpula de Runit nas Ilhas Marshall, que guarda milhares de metros cúbicos de resíduos radioativos é um legado de testes nucleares pelos EUA no passado. Agora, os moradores locais e os cientistas alertam para um possível derramamento de resíduos no oceano devido ao aumento do nível do mar.

Mais de três décadas atrás, a enorme cratera localizada na ilha Runit no atol Enewetak nas Ilhas Marshall no Oceano Pacífico, foi usado pelos EUA para enterrar toneladas de resíduos radioativos resultantes dos exercícios nucleares entre 1946 e 1958. A cúpula onde foi enterrado os resíduos é chamada de Runit Dome, embora os moradores a chamarem de "A tumba", relata o The Guardian.

É uma cápsula feita de 358 painéis de concreto com 45 centímetros de espessura, que esconde cerca de 85.000 metros cúbicos de resíduos radioativos. A água se acumula em torno das bordas da cúpula, onde partes de concreto já começaram a rachar. Os Resíduos radioativos subterrâneos começaram a vazar para fora da cratera, o que foi confirmado por um relatório de 2013 do Departamento de Energia dos EUA.

Os residentes locais, cientistas e ativistas ambientais temem que uma catástrofe natural possa quebrar o concreto permitindo que seu conteúdo se derrame no Oceano Pacífico, e esses medos são fundados. Um estudo sobre a integridade estrutural da abóbada de Runit conduzido pelo Departamento de Energia, existe a possibilidade de que furacões podem destruir ou danificar os painéis de concreto ou inundar a ilha.

A cúpula nunca foi uma solução permanente. Segundo a OMS, a proposta de 218 milhões dólares foi concebida como uma solução temporária, uma maneira de armazenar o material contaminado até que um plano de descontaminação permanente deva ser desenvolvido. Enquanto isso, o governo dos EUA agora insiste que cumpriu todas as suas obrigações e que a jurisdição da cúpula e seu conteúdo está nas Ilhas Marshall.

Enquanto isso, os habitantes da ilha argumentam que uma nação com uma população de 53.000 habitantes e um PIB de US $ 190 milhões, a maioria dos quais vem de programas de ajuda dos EUA, é simplesmente incapaz de lidar com uma possível catástrofe radioativa que os americanos deixaram.

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/desastre-iminente-toneladas-de-residuos-radioativos-em-risco.html

Após onda de violência militantes do Boko Haram mataram mais de 200 pessoas numa semana

Centenas de pessoas foram mortas por militantes islâmicos na semana passada depois de uma onda de violência na região.

Três bombas na Nigéria matou pelo menos 20 pessoas ontem. As explosões ocorreram em uma igreja evangélica, uma mesquita cheia, e um restaurante muçulmano elite na cidade central de Jos.

Testemunhas relataram que multidões tinham sido reunidos em Yantaya Mesquita de ouvir um discurso do líder clérigo Sani Yahaya que defende a coexistência pacífica de todas as religiões quando a explosão aconteceu. Ele ainda tem que ser determinado quantas mortes houve.

Pelo menos 15 pessoas foram mortas em uma explosão em Shagalinku, um restaurante freqüentado por políticos de elite.

Uma terceira explosão ocorreu quando uma mulher-bomba auto-detonou na Igreja redimida de Deus, no nordeste da Nigéria durante um culto na igreja, matando pelo menos cinco pessoas.

Embora ninguém tenha reivindicado a responsabilidade pelos ataques, eles têm sido associados a Boko Haram, que tenha realizado muitos atos semelhantes em áreas semelhantes.

Mais de 200 pessoas foram mortas pelo Boko Haram na última semana. Cerca de 100 homens e meninos foram mortos a tiros enquanto rezavam em uma mesquita na quarta-feira. Foi alegado que o derramamento de sangue está a aumentar devido a uma diretriz Isis para intensificar a violência durante o mês sagrado do Ramadã.
A ascensão do Boko Haram

Falando na sexta-feira, o presidente nigeriano Muhammadu Buhari chamado o mais recente onda de violência uma "atrocidade hedionda".

O grupo militante islâmico está baseado no nordeste da Nigéria e foi fundado em 2002. Em março, Boko Haram jurou fidelidade a Isis em uma declaração de áudio postada na página do Twitter do grupo.

Milhares de pessoas foram mortas e cerca de 1,5 milhões de deslocados durante seis anos insurgência do Boko Haram para esculpir um estado aderindo à lei islâmica na Nigéria, maior economia da África e maior produtor de petróleo. No início do ano, que controlava uma faixa de território maior do que a Bélgica, no nordeste do país.

Boko Haram já foi empurrado para trás com a ajuda de ofensivas lançadas pelas tropas do Chade e do Níger, enquanto Camarões lutou-los ao longo de suas fronteiras.
Fonte: http://undhorizontenews2.blogspot.pt/search?updated-max=2015-07-06T19:43:00-03:00&max-results=25

sexta-feira, 3 de julho de 2015

A possessão de Anneliese Michel

Há exatos 39 anos, morria Anneliese Michel, de 23 anos, uma jovem alemã de família católica que acreditava estar possuída por demónios. Aos 16 anos, Anneliese começou a ter ataques epilépticos e alucinações.
Ao não conseguir a cura com a medicina tradicional, a jovem foi submetida a práticas de exorcismo, executadas pelos padres Ernest Alt e Arnold Renz, entre os anos de 1975 e 1976, até a sua morte, em 1º de julho de 1976. Durante os rituais de exorcismo, cerca de 70 sessões, a jovem comia cada vez menos, e acabou por morrer de desnutrição e desidratação.
As graves consequências atribuídas aos rituais resultaram na prisão dos padres e dos pais de Anneliese, condenados a seis meses de prisão por homicídio causado por negligência médica. O julgamento ficou conhecido como Caso Klingenberg, e inspirou o filme "O Exorcismo de Emily Rose" (2005).
 
Fonte: http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2013/08/12/conheca-lendas-historias-e-misterios-sobrenaturais.htm?fotoNav=213#fotoNav=213

Estátua do demónio há mil anos escondida é finalmente encontrada em catedral

Imagens feitas por câmaras em drones mostraram uma estátua de um demónio feita na Catedral de Chester durante a sua construção, há mil anos.
Uma pequena estátua do demónio foi encontrada escondida no alto da Catedral de Chester, em Cheshire, na Inglaterra. Operadores de uma câmera presa num drone filmaram o edifício para um passeio turístico e encontraram a escultura situada no alto da nave, perto de uma janela.
A obra foi apelidada de “O Demónio de Chester” pelos historiadores. Um porta-voz da catedral disse que sabia que a escultura estava lá, mas a imagem do drone lhes deu o primeiro close-up da obra.
De acordo com a lenda, um padre medieval estava supervisionando a construção da catedral e ficou surpreso ao ver Satanás olhando para ele através de uma das janelas. Na manhã seguinte, um construtor foi enviado para esculpir a imagem do diabo numa das paredes na tentativa de amedrontá-lo e evitar que ele regressasse algum dia.
As filmagens foram encomendadas para a empresa Big Heritage, que fez um circuito histórico 
pela cidade e recebeu permissão para filmar a catedral. 
“As câmaras dos drones foram capazes de chegar perto de partes de nossa bela catedral de mil anos que não foram vistas desde que foram construídas e isso é incrivelmente emocionante não só para nós como para toda a equipa da catedral, mas, esperamos, que também para toda a cidade”, disse Dean Paton, da companhia. 

Fonte: http://portugalmisterioso.blogspot.pt/

Igrejas atacadas no Iemen

No Iêmen, o evangelismo é proibido e os iemenitas que deixam o islã podem enfrentar a pena de morte – isso faz o Iêmen um dos países menos evangelizados do mundo
Uma igreja ficou seriamente danificada durante um ataque aéreo liderado pela Arábia Saudita em 11 de maio e outra foi ocupada por rebeldes. Algumas igrejas no Iêmen, atuam, principalmente, do serviço aos estrangeiros. No entanto, como resultado da falta de segurança, as igrejas não funcionam mais, pois a maioria dos seus líderes tiveram de deixar o país por causa da evacuação.
Hanriette, analista de perseguição da Portas Abertas, disse: "Embora não seja essencialmente provável que o ataque aéreo foi anti-cristão, pode ser considerado um duro golpe para a visibilidade da minoria cristã no Iêmen. 
É lamentável que não há atividades sendo realizadas na igreja já há algum tempo, devido ao local inseguro que se tornou. 
Apesar disso, as reuniões cristãs não pararam totalmente. Embora os cortes de energia e escassez de combustível tornam difícil estar em contato uns com os outros, cristãos nacionais e internacionais tem encorajado uns aos outros a alcançar a comunidade em torno deles."

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/perseguicoes/igrejas-do-iemen-sao-atacadas.html

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...