quarta-feira, 5 de julho de 2017

O livro assassino (que Mata quem tocá-lo) "Shadows from the Walls of Death" !

Desde pequenos nós somos incentivados a ler para criar esse habito quando formos mais velhos. A leitura nunca é demais, assim como o conhecimento que adquirimos através dos livros, certo?!
Nem sempre meus caros amigos. Houve um tempo aonde certos livros e ensinamentos eram considerados muito perigosos e não podiam ser lidos por qualquer pessoa, pois possuíam conteúdos sombrios e perversos.Foram vários os livros que foram banidos ou queimados da face da Terra, normalmente os assuntos abordados nesses manuscritos falavam sobre magia negra, pactos demoníacos, receitas de como preparar venenos mortais e até mesmo de como ressuscitar os mortos.
Mas existe um livro em especial, que pode literalmente te fazer passar dessa pra melhor, ou pra pior né.Conheça agora mesmo qual é "O livro assassino" (que mata quem tocá-lo) 

Fonte: http://www.extraterrestreonline.com.br/

terça-feira, 4 de julho de 2017

Ex-ministro ucraniano da Defesa incentiva ataques terroristas na Rússia !

Investigators work at the scene of a car bomb explosion which killed Maxim Shapoval, a high-ranking official involved in military intelligence, in Kiev, Ukraine, June 27, 2017 © Valentyn OgirenkoO ex-ministro da Defesa da Ucrânia, Anatoly Gritsenko, pediu a Kiev que eleve seus próprios ataques terroristas na Rússia em resposta a atentados  contra os agentes da segurança ucraniana que ele não responsabilizou em Moscou.
O ex-ministro acusou Moscou de planejar o ataque ao Coronel Maksim Shapoval, da Direção de Inteligência do Ministério da Defesa da Ucrânia, que foi morto em uma explosão de carro bomba na semana passada.
Gritsenko disse que o que está acontecendo entre a Ucrânia e a Rússia é a "guerra", enquanto apareceu na emissora, 121 Ukraina.
"Este não é o primeiro assassinato demonstrativo e descarado de oficiais ucranianos, nossos melhores oficiais", disse ele, referindo-se a um carro bomba de março em Mariupol, no qual o oficial de contra-inteligência, Aleksandr Kharaberyush, foi morto.
"Se isso é realmente uma guerra, e não é apenas um jogo para o presidente [da Ucrânia Petro Poroshenko], isso significa que para todos os carros que explodem Kiev ou Mariupol, dois carros devem explodir na [cidade russa de] Taganrog ou Moscou ", disse Gritsenko, que era ministro da Defesa da Ucrânia entre 2005-2007.
As investigações sobre ambas as explosões ainda estão em curso na Ucrânia, sem suspeitos e sem prisões até agora.
Kiev realizou uma operação militar no sudeste do país desde a primavera de 2014. A campanha militar começou depois que as populações das Regiões de Donetsk e Lugansk se recusaram a reconhecer o novo governo impostas na capital.
Em junho, a ONU disse que o número de mortos do conflito ultrapassou 10 mil pessoas com cerca de 24 mil feridos.
Kiev e seus patrocinadores ocidentais acusam  repetidamente a Rússia de apoiar os rebeldes no leste da Ucrânia, apesar de Moscou negar qualquer envolvimento ao mesmo tempo em que citou a falta de provas substanciais.
Nos últimos meses, vários comandantes e oficiais militares proeminentes nas repúblicas autoproclamadas de Donetsk e Lugansk foram mortos em explosões, que autoridades acusam o Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU).
 
Fonte: https://undhorizontenews2.blogspot.pt/

Aceitou matar pais de amigo para comprar um BMW !

Filho andava zangado com progenitores e queria receber a herança. Combinou pagar 25 mil euros ao executante.

Aceitou um contrato de 25 mil euros para matar os pais de um amigo e ia usar o dinheiro para comprar um BMW, com a namorada. Mas, na hora de executar o crime encomendado, a arma encravou e os idosos de Vila do Conde sobreviveram, apesar de terem sofrido violentas agressões. O jovem e a namorada, de 23 e 22 anos, acabaram detidos, tal como filho do casal, de 47 anos, que queria herdar a fortuna dos pais. O trio foi agora acusado pelo Ministério Público de dois crimes de homicídio na forma tentada, roubo e posse de arma proibida.

Fonte: http://www.jn.pt/justica/interior/aceita-matar-pais-de-amigo-para-comprar-um-bmw-8610839.html

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Alemanha - Colisão de autocarro com camião provoca 18 mortos !

Helicópteros e ambulâncias foram enviados para o local

A colisão desta manhã entre um autocarro e um camião na Alemanha fez 18 mortos e deixou pelo menos 30 feridos, dois deles em estado crítico. A confirmação foi feita pelo ministro dos Transportes alemão, Alexander Dobrindt. No início da manhã, as autoridades falavam apenas em 18 desaparecidos.
O calor era tal (…) que só a estrutura de aço é reconhecível. Podem imaginar o que isso significa para os passageiros que estavam naquele autocarro”, disse o ministro.
A polícia informou que várias pessoas ficaram gravemente feridas no acidente ocorrido perto de Muenchberg, na Baviera. A porta-voz da polícia Irene Brandenstein disse que a bordo do autocarro estavam 46 passageiros e dois condutores e precisou que o grupo envolvido no acidente tinha idades compreendidas entre os 41 e os 81 anos. O acidente ocorreu cerca das 7h00 locais (6h00 em Lisboa).
Ao início da manhã, a polícia em comunicado dizia temer “muitos mortos” entre os 18 passageiros dados inicialmente como desaparecidos. O autocarro transportava um grupo de turistas idosos, vindo da Saxónia, leste da Alemanha.
“Somos realistas e no final do dia teremos muitos mortos a lamentar”, disse um porta-voz da polícia Jürgen Stadter, à estação de informação alemã n-tv, citado pela agência France Press, acrescentando que não tinha mais do que uma “ténue esperança” de encontrar vivos entre os desaparecidos.
Trinta passageiros ficaram feridos, alguns gravemente, e foram transportados para hospitais da zona. Todos os outros (ou seja, os 18 desaparecidos) terão provavelmente morrido no autocarro em chamas”, indicaram a polícia e a procuradoria locais num comunicado pela manhã desta segunda-feira.
As autoridades dizem ainda que especialistas forenses vão proceder à remoção e identificação dos corpos do autocarro queimado. À Associated Press, outro porta-voz da polícia, Irene Brandenstein, relatou que será um trabalho demorado e intenso devido à gravidade da situação. “A investigação do acidente é muito complexa e vai tomar algum tempo“, disse.
As autoridades ainda chegaram a pensar que os desaparecidos pudessem ter fugido em pânico pelas matas próximas, mas as operações de busca não encontraram qualquer sinal de desaparecidos em fuga.
Helicópteros, ambulâncias e mais de 200 pessoas foram mobilizadas para o socorro do acidente na autoestrada A9, que liga Berlim a Munique. A polícia já veio dizer que a estrada em direção ao sul vai permanecer encerrada até ao final do dia e foi criada uma linha de emergência para providenciar informação às famílias.

Merkel está “chocada” com acidente

A chanceler alemã, Angela Merkel, “está chocada” com o acidente, disse o seu porta-voz Steffen Seibert, esta segunda-feira.
Numerosas pessoas morreram”, adiantou Seibert, acreditando a polícia local que as 18 pessoas que não foram encontradas após o acidente terão morrido no incêndio do autocarro.

Não “haverá” portugueses entre as vítimas, diz o Governo português

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, afirmou que “não haverá” portugueses entre as vítimas do acidente rodoviário na Alemanha.
Contactado pela Lusa, o secretário de Estado precisou que se tratava de uma “excursão de idosos que estavam a viajar de uma cidade para outra na jurisdição de Estugarda”, referindo que os serviços consulares portugueses acompanharam o caso.
Aparentemente serão todos alemães e não haverá portugueses entre as vítimas”, disse.
Fonte: http://observador.pt/2017/07/03/colisao-de-um-autocarro-e-de-um-camiao-faz-31-feridos-na-alemanha/

A Terceira Guerra Mundial estará começar - Rússia evacua, e Grã-Bretanha apoia os EUA para lançar um ataque na Síria !

A Grã-Bretanha, os EUA e seus aliados podem começar uma grande guerra brutal em breve. O governo russo, advertiu os EUA contra uma ação unilateral na Síria.

"Nós acreditamos que é inaceitável e quebra a soberania da Síria, não é causada por nenhuma necessidade militar, e não há ameaça para os especialistas dos EUA no exército sírio. Portanto, é uma ação incendiária e provocativa ", disse o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Gennady Gatilov.

Fonte: https://undhorizontenews2.blogspot.pt/

A insanidade dos esquerdistas na América erra quando Trump se prepara para desencadear o Armageddon de Agosto !

Um intrigante relatório do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MoFA) que circula no Kremlin hoje afirma que as forças americanas esquerdistas-comunistas e sua propaganda popular de "falsas novidades", aliados sicopantes que tentam lançar um golpe de estado contra o presidente Donald Trump, agora caíram no "abismo da insanidade" com a percepção de que eles estão agora enfrentando um "Armagedon de agosto" que vai destruir para sempre suas décadas de sonho longo de poder a exercer controle total sobre os povos dessa nação. [Nota: algumas palavras e / ou frases que aparecem em citações neste relatório são aproximações em inglês de palavras / frases russas sem contrapartida exata.
De acordo com este relatório, em um caso claro de ignorar o velho ditado de que "às vezes a história do seu vizinho avisa qual caminho nunca seguir", as forças comunistas esquerdistas americanas tentaram forçar os cidadãos dos Estados Unidos a um sistema de saúde nacionalizado - Assim como os comunistas soviéticos fizeram na Rússia a partir de 1917, quando destruíram a estrutura de saúde existente na Rússia imperial que funcionava para todos e substituíram-na por um sistema nacionalizado que falhasse a todos.
Tal como os comunistas soviéticos antes deles, explica este relatório, essas forças comunistas esquerdistas americanas tentaram há décadas criar nos Estados Unidos o que é chamado de "sistema de pagador único" para a saúde - esse é um sistema de saúde no qual o governo, financiado Por impostos, cobre os custos básicos de saúde para todos os cidadãos, independentemente da renda, ocupação ou estado de saúde.
As únicas duas nações do mundo em que um "sistema de pagador único" está em operação, este relatório continua, são o Canadá e Taiwan -, mas com o "Pai" do sistema de saúde canadense que tem que admitir seu completo fracasso e, da mesma forma, Taiwan O sistema de saúde está à beira do colapso.
Como quase todas as nações modernas industriais-tecnológicas, porém, este relatório explica, os Estados Unidos operam seu sistema de saúde sobre o chamado "sistema de pagador único híbrido" - o que, de acordo com as estatísticas de 2015, mostra que 49% dos seus cidadãos recebem cuidados de saúde Políticas de seguro privado baseadas no empregador, 7% recebendo cuidados de saúde de políticas de seguro privado não relacionadas a empregadores, 34% recebendo cuidados de saúde de programas de "pagador único" do governo dos EUA e 9% não segurados.
Dos 34% dos americanos que recebem cuidados de saúde "pagador único" do governo dos EUA, este relatório detalha, 20% recebem cuidados de saúde de um programa chamado Medicaid, enquanto os outros 14% recebem seus cuidados de saúde através do Medicare.
Medicare, este relatório, é um programa de seguro social nacional "pagador único" administrado pelo governo dos EUA, desde 1966, que atualmente usa cerca de 30 a 50 companhias de seguros particulares nos Estados Unidos para fornecer seguro de saúde para americanos de 65 anos ou mais que Trabalhou e pagou no sistema através do imposto de folha de pagamento - e também fornece seguro de saúde para pessoas mais jovens com algumas deficiências, conforme determinado pela Administração de Segurança Social dos EUA, bem como pessoas com doença renal em estágio final e esclerose lateral amiotrófica.
Medicaid, no entanto, este relatório continua, é um programa de saúde social dos EUA para famílias e indivíduos com recursos limitados descritos como um "programa de seguro do governo para pessoas de todas as idades, cuja renda e recursos são insuficientes para pagar os cuidados de saúde" - e é o maior Fonte de financiamento para serviços médicos e relacionados à saúde para pessoas com baixa renda nos Estados Unidos, é um meio de teste, e é financiado conjuntamente pelos Estados Unidos e pelo governo federal, mas administrado por esses Estados.
Em seu assalto total a todo o sistema de saúde dos EUA, a fim de estabelecer o seu longo sonho de criar um "sistema de pagador único" em todo o país, este relatório observa, o regime de Obama e seus aliados esquerdistas comunistas, com o apoio total do mainstream A mídia de propaganda "falsa noticia" bloqueou o Congresso Americano uma nova lei (a partir de 23 de março de 2010) chamada Lei de Proteção ao Paciente e Assistência Econômica (também conhecida como Obamacare) - cujo objetivo declarado era assegurar aqueles que não conseguiram encontrar seguro os seus próprios, mas cujo principal, e tortuoso, verdadeiro motivo era explodir as fileiras dos destinatários da Medicaid.
Um fracasso tão completo e absoluto que a lei de Obamacare foi, de fato, este relatório detalha, o dos quase 326,5 milhões de cidadãos da América, apenas 12,2 milhões de americanos conseguiram se inscrever para 2017 - e daqueles, 10,3 milhões de cevada conseguiram Pagá-lo e acabou pagando seus prêmios Obamacare.
Mas para o verdadeiro motivo de Obamacare em explodir as fileiras do Medicaid para coniviar seu albatross de "pagador único" em torno dos pescoços de todos os povos americanos, este relatório explica, ele também falhou completamente e totalmente como apenas US $ 19 os Estados caíram por esta charada - com o pior exemplo de ser a "utopia esquerdista comunista" do Estado de Illinois, que acaba de cair no abismo financeiro depois que um tribunal federal dos Estados Unidos os ordenou na semana passada para começar a pagar os bilhões de dólares. Para médicos e hospitais, causando assim que os estados finanças passem "de horrível a catastrófico".
Ainda mais surpreendente sobre esses comunistas esquerdistas americanos no que diz respeito ao culto de Obamacare, este relatório diz, são os fatos impressionantes que comprovam que mesmo com esta lei, os EUA gastam mais em cuidados de saúde como porcentagem do PIB do que qualquer outro país avançado no Mundo, mas tem piores resultados de saúde - com menor expectativa de vida, maior mortalidade infantil e maiores taxas de obesidade do que países comparáveis ​​como Austrália, Canadá, Reino Unido, Alemanha, França e Japão.
E ao contrário de apenas uma dessas nações, o Reino Unido, este relatório ainda observa, não há nenhuma maneira possível que o povo americano aceitaria pagar 20% de sua renda inteira para cumprir o sonho esquerdista-comunista de cuidados de saúde nacionalizados; Que é uma taxa de imposto total de 15% mais do que a da classe média dos Estados Unidos e implicaria uma subida de impostos de 20% para 45% dos americanos que não pagam nada agora, o que significa que não se pode compreender como quase metade da população dos EUA vive na pobreza e mal faz E, em seguida, selada com uma factura de imposto de 20%, adotaria o fato de ser mais pobre ter cuidados básicos se não puderem comer ou pagar aluguel.
Igualmente pior para esses comunistas esquerdistas americanos que tentam impor a totalidade da agenda de Obamacare sobre uma população desavisada dos EUA, esse relatório continua, é que toda a estrutura governamental dos Estados Unidos é virulentemente oposta aos cuidados de saúde nacionais e por que essa nação nunca a verá implementada - E tão minuciosamente detalhado pelos economistas da Universidade Duke, cientistas e especialistas em seu relatório intitulado "É as Instituições, Estúpidas! Por que o seguro de saúde nacional abrangente sempre falha na América ".
Mas, para o maior medo desses comunistas esquerdistas americanos, e sua propaganda popular "falsas novidades", os aliados da mídia, esse relatório diz, é que uma única pessoa tem o poder de destruir todos os seus sonhos nacionais de saúde para sempre - e cujo nome é Presidente Donald Trump.
Sem o conhecimento da grande maioria do povo americano, este relatório explica, quando a lei de Obamacare foi aprovada, continha uma falha crítica e fatal - o Congresso dos EUA não aprovou como pagar por isso.
Com a propaganda popular dos Estados Unidos, "notícias falsas" que esconderam esse fato do povo americano, este relatório detalha, o regime de Obama foi autorizado a roubar bilhões de dólares para pagar a sua fraca lei Obamacare - mas que logo foram respondidas quando, Pela primeira vez na história dos EUA, que a Casa dos EUA, ou o Senado dos EUA, como uma instituição, trouxe um processo contra um presidente sobre a aplicação da lei e, conforme detalhado no monumental processo constitucional intitulado "Câmara dos Deputados dos Estados Unidos v . Preço".
Como a Câmara dos Deputados dos EUA é a única filial do governo americano autorizada a autorizar o pagamento do dinheiro dos contribuintes, este relatório explica, o Tribunal Federal dos EUA decidiu rapidamente que, uma vez que não autorizavam pagamentos a companhias de seguros, a lei de Obamacare era, em efeito, morto.
Conhecendo, no entanto, que o Poder Executivo do governo dos EUA estava prestes a mudar de mão, este relatório continua, o Tribunal Federal dos EUA manteve sua decisão que teria destruído a lei de Obamacare escolhendo, em vez disso, permitir que a nova administração do Trump decidisse o que Fazer - e que o presidente Trump, em 22 de maio, concordou em deixar mais de 90 dias.
Quanto ao que o presidente Trump pretende fazer quando este acordo expirar em agosto, este relatório diz que ele não fez nenhum segredo, pois ele totalmente pretende "explodir" completamente a Obamacare e declarou que sua nova conta de saúde era a única maneira de salvar tudo e Advertiu seus adversários esquerdistas-comunistas de que "este projeto de lei só lhes dá um mês, eles não percebem isso".
Ao enfrentar o "Armagedon de agosto" do presidente Trump, que destruirá para sempre e completamente a Obamacare, este relatório observa que seus inimigos esquerdistas comunistas, ao invés de trabalhar com seu novo líder para elaborar uma lei de saúde viável, ficaram totalmente loucos e, como Evidenciado pelo seu último golpe de estado de tentativa de tentar declarar Trump declarado insano.
E, como sempre, este relatório conclui, mesmo quando confrontados com a violenta retórica e palavrões de seus opositores esquerdistas-comunistas e sua propaganda popular "falsas novidades", o presidente Trump permanece imperturbável - e como evidenciado em sua última noite, De milhares de seus apoiantes e simplesmente afirmando: "A mídia falsa tentou nos impedir. Mas eu sou presidente, e eles não são. "
 
Fonte: https://undhorizontenews2.blogspot.pt/ 

 
 
 
 

sábado, 1 de julho de 2017

Coreia do Norte alerta EUA e sua vassalo Coreia do Sul com Guerra enquanto Trump se encontra com líder sul coreano !

A Coréia do Norte alertou para as conseqüências diretas e destrutivas para o aumento da colaboração entre seu rival do sul e os EUA, que recebeu o líder recentemente eleito da Coréia do Sul na esperança de alinhar os esforços das duas nações para desmantelar o programa de armas nucleares e mísseis de Pyongyang.
A Agência Coreana de Notícias da Coréia do Norte (KCNA), uma fonte diária para as opiniões do governo do líder norte-coreano Kim Jong Un, citou quinta-feira um porta-voz do Comitê Nacional de Paz da Coréia de Pyongyang em criticar "guerreiros militares marinheiros de fuzileiros sul-coreanos" que ele Disseram que estavam provocando as forças armadas do seu vizinho do norte com uma série de exercícios militares recentes realizados ao lado do presidente dos EUA, Donald Trump. Os EUA enviaram dois grupos de greve de transportadores e reforçaram os recursos militares na região, a fim de aumentar a pressão militar e política sobre a Kim para abandonar suas ambições nucleares. Em outra peça da KCNA, a agência explodiu os exercícios dos EUA - Coreia do Sul, bem como o que considerou observações inflamatórias do presidente sul-coreano Moon Jae-in.
"Este é apenas um movimento militar arriscado e imprudente que conduz a situação já aguda na península coreana até a beira de uma guerra nuclear e um desafio flagrante para todos os coreanos e outros povos amantes da paz no mundo que aspiram após a paz e a segurança na Península ", o artigo lê, depois atacando os movimentos militares dos EUA na região.
"A administração do Trump não deve desencadear motim, pensando duas vezes sobre as conseqüências catastróficas a serem implicadas por seus movimentos militares em tonturas. Deveria compreender adequadamente o espírito e a vontade do exército e das pessoas coreanas de aniquilar o inimigo e, finalmente, concluir o impasse com os EUA ", concluiu a KCNA.
GettyImages-800675546
A Coréia do Norte afirma regularmente o direito de possuir armas nucleares e desenvolver mísseis balísticos intercontinentais (ICBM), argumentando que esses recursos militares são necessários para evitar que potências estrangeiras, como os EUA, invadirem e derrubem a administração de Kim. A busca do estado militarizado dessas tecnologias, no entanto, levou as nações americanas e até simpatizantes como a China e a Rússia a apoiar as sanções do Conselho de Segurança da U.N contra a Coréia do Norte. Os Estados Unidos levaram suas ameaças um passo adiante e consideraram publicamente tomar medidas militares para evitar que seu inimigo asiático de longa data realizasse um sexto teste de armas nucleares.Trump primeiro se aproximou do presidente chinês Xi Jinping na tentativa de convencer o maior aliado da Coréia do Norte a exercer sua alavancagem e convencer seu vizinho de desarmar seu programa de mísseis nucleares e balísticos. Enquanto Trump reconheceu os esforços da China, após a morte do estudante dos EUA Otto Warmbier logo após sua libertação da prisão norte-coreana. O presidente disse na semana passada que "não funcionou". Warmbier teria caído em um coma pouco depois do julgamento e prisão por supostamente roubar um sinal com um slogan político durante uma visita à Coréia do Norte no ano passado e nunca acordou. Um alto funcionário da Casa Branca disse na quarta-feira que a China "ficou muito aquém das expectativas" ao lidar com a Coréia do Norte.
RTX2BTSB
Uma tabela e o mapa que acompanha comparam o alcance e as capacidades dos mísseis da Coréia do Norte em 31 de agosto de 2016. Embora a Coréia do Norte não acredite possuir mísseis operacionais capazes de bater nos EUA, várias outras nações estão dentro do alcance .Federação de Cientistas Americanos-Segurança-Centro Global para controle de armas e não proliferação-Ministério da Defesa sul coreano -ReutersNa última tentativa dos EUA de aumentar o calor na Coréia do Norte, Trump estava programado para se encontrar com a Lua pela primeira vez na quinta-feira. Moon, que foi eleito no mês passado, depois que seu antecessor foi preso em um escândalo de corrupção, distanciou-se dos pontos de vista conservadores da antiga administração sul-coreana, mas recentemente abraçou uma posição mais militante em relação à Coréia do Norte, com a qual o país permaneceu tecnicamente Em guerra desde a década de 1950. Enquanto a Moon remeteu a certas medidas relativas à instalação do sistema anti-mísseis de defesa de área de alta altitude (THAAD) dos EUA em seu país, que foi acelerado antes de assumir o cargo, Moon disse apenas alguns dias em sua administração que havia Uma "alta possibilidade" de conflito com a Coréia do Norte.Enquanto a Coreia do Norte ainda não acredita ter capacidade para produzir um ICBM, muito menos se encaixam com uma ogiva nuclear, os analistas disseram que o país poderia começar a testar tais projéteis logo no final deste ano. A Coreia do Norte estima possuir até 20 armas nucleares e um extenso arsenal de mísseis balísticos, todos capazes de atacar países vizinhos.

Fonte: https://undhorizontenews2.blogspot.pt/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...